Quando não se quer ouvir

Quando não se quer ouvir
Quando não se quer ouvir
No evangelho de Lucas tem a narrativa de Jesus indo até a uma sinagoga como era seu costume. Isto se dá ainda no início de seu ministério.
 
Ele lê o texto do profeta Isaías, faz alguns comentários e a famosa declaração: “Nenhum profeta é bem recebido na sua própria terra”.
 
A seguir recorda: de todas as viúvas em Israel no tempo de Elias, a nenhuma ele foi enviado, senão a uma viúva de Sarepta de Sidom. Outro: Havia muitos leprosos no tempo de Eliseu, mas nenhum foi curado senão Naamã, o siro.
 
A assembleia dos fieis judeus (sinagoga) não fica nada feliz em ouvir estas histórias de gente impura sendo abençoada enquanto os de Israel não foram. Eles conheciam as histórias, mas não estavam felizes que alguém as recordasse. Era melhor deixar no esquecimento.
 
Não é de se admirar que ficaram irados com Jesus.
 
Somos assim também. Conhecemos as histórias da Bíblia, sabemos muitos versos, lemos sobre estas pessoas que nos legaram a fé. Todavia, muitas dessas histórias contrariam o que queremos pensar e fazer hoje.
 
Muitos ensinamentos queremos esquecer.
 
O verdadeiro Jesus tem essa capacidade de irar pessoas. Continua fazendo isso todos os dias.
 
Antonio Carlos Barro
Sobre eJesus 120 Artigos
Página destinada a todos os que desejam conhecer mais sobre a vida cristã e o avanço do reino de Deus.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*