Razão e sensibilidade

Sensibilidade está relacionada com as nossas emoções e a razão com o nosso entendimento.
Vivemos numa época extremamente propícia para a vivência do evangelho. Tudo ao nosso redor nos remete a carências de todas as sortes. O problema é que quando as vemos as remetemos para a razão: “esse cara não merece”, “não posso fazer nada”, “nem o governo dá jeito”, “quem mandou fazer o que não devia”, etc.
Ao fazer esse julgamento já nos isentamos de ajudar. Estou livre de qualquer obrigação porque a pessoa não merece. A razão vence a sensibilidade.
Por isso e somente por isso, o protestantismo está no banco dos réus. Não serve para nada a não ser tornar a fé utilitária.
Todas essas palavras definem sensibilidade: emoção, sentimentalidade, empatia, sentimento, solidariedade, piedade, compaixão, apreciação, emotividade, simpatia, ternura.
Se você tiver oportunidade de ser uma bênção, acione o seu lado sensível para com o outro. Você não vai se arrepender – promessa de Jesus.
Abraços
ACBarro

visite infoPASTOR

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*