Navegar é preciso

navegar é preciso a vida não é precisa

Quando o Mestre disse que bastava a cada dia o mal daquele dia…
Ele estava nos ensinando uma importante lição: tem maldades para hoje, mas tem para amanhã também.
A nossa capacidade é para as de hoje apenas. As maldades do amanhã teremos capacidades para elas apenas amanhã com a condição de que haverá amanhã.
Alguém disse, no passado, e o poeta Fernando Pessoa imortalizou a frase: “Navegar é preciso; viver não é preciso”.
Navegar é uma atividade exata onde o navegante se guia pelas bússolas, lua, compasso, estrelas, mapas etc., portanto, precisa.
Viver não tem essa precisão. Cada curva da existência uma coisa nova, uma luta, um desafio, uma maldade diferente, uma decisão importante, uma esperança ou um engano.
Como viver não é preciso, leia então o mapa deixado por Deus.
“Resistir não é apenas a capacidade de suportar algo difícil, mas transformá-lo em glória” (William Barclay).
Hoje é dia e o dia é hoje.
ACBarro

Visite Sermão

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*