Lembre-se da verdade: Eu escolhi você

Eu escolhi você
Eu escolhi você

 

Vez por outra você se sente mais por baixo do que sola de sapato.
Parece que o mundo todo está nas suas costas.
As lutas e provações que enfrentamos na vida são, muitas vezes, difíceis de serem suportadas. São tantas coisas que afligem que nem sabemos o que fazer e nem por onde começar a fazer.
Nessas horas é bem fácil se sentir miserável. O sentimento de autocomiseração (de pena de si mesmo; que sente dó de si próprio; autopiedade, coitadismo) bate com vontade.
E a gente vai alimentando o bicho. Dando comida.
Infelizmente é assim. Até gostamos de sentir que não somos nada mesmo. Com isso, nos consolamos e desistimos da luta.
Nessa momento vem o Santo Espírito e lembra uma palavrinha de Jesus que esquecemos: “Você não me escolheu, mas eu escolhi você”.
Pense um pouco nisso: Eu escolhi você. Eu escolhi você. Eu escolhi você.
Espero que isso ajude.
Antonio Carlos Barro

leia www.sermao.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*