Correndo…

vontade de deus

Muitas vezes temos a sensação e às vezes mais do que a sensação de que pegamos o trem errado. Sentado ao lado da janela a gente vê a paisagem as casas e as pessoas e parece tudo desconhecido. Não era esse o caminho. O que fazer?
Dietrich Bonhoeffer disse que: “Se você pegou o trem errado, não adianta correr pelo corredor na outra direção”. O negócio é ter coragem de descer na próxima estação e pegar o trem certo. Você ainda pode errar, mas pelo menos sabe que não era aquele primeiro trem.
Certa vez em Londres, eu queria ir para o aeroporto e peguei o trem errado. Desci numa estação, voltei para o lugar onde estava e perguntei a uma pessoa qual era o trem. O que ela me indicou também era errado. Fiz outra vez o caminho de volta até que preguei o trem certo. Foi frustante, cansativo, mas pelo menos cheguei ao meu destino.
Uma coisa se tem certeza: o trem sempre para em algum lugar, até mesmo quando sai do trilho.
Você está no trem certo?
ACBarro

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*