Como atrair os jovens para a igreja

Autor: Autor Desconhecido




Pastor auxiliar da Igreja Projeto Água da Vida e cantor do grupo Os Nazaritos, Gustavo Legal tem somente 27 anos, porém já é casado há nove anos e pai de dois filhos. Com um ministério jovem, Gustavo fala para o Portal Melodia como as igrejas podem se adaptar para atrair este público.

“A igreja não pode querer impor e sim conquistar acima de tudo. Não proibir e sim orientar”.

Portal Melodia – Em sua opinião, está mais difícil hoje evangelizar os jovens do que antigamente?

Pastor Gustavo – Está fácil hoje porque tiveram igrejas que souberam contextualizar, porém não é a maioria. Na minha igreja, conseguimos através do Espírito Santo contextualizar a bíblia. Temos várias vertentes na nossa igreja: surfistas, skatistas, universitários, poetas, músicos. O leque foi aberto e isto facilitou nossa entrada. Eu costumo falar que a pessoa não pode ser extremista: Nem querer impor Jesus para o jovem, nem deixar de falar. Você tem que mostrar através de sua vida que Jesus Cristo veio para fazer a diferença e que vale a pena servir a Deus. Dentro das oportunidades que vão aparecendo você aproveita para evangelizar. Não é tão difícil assim, como alguns acham.

Portal Melodia – Como a igreja deve atrair os jovens?

Pastor Gustavo – A igreja não pode querer impor e sim conquistar acima de tudo. Não proibir e sim orientar. Estas atitudes são formas de amor. Mostrar que não somos inimigos, e sim amigos. Que vale a pena ter nossa amizade, uma amizade sadia, cristã que busca o interesse do Reino e não os interesses pessoais. É nisto que a igreja deve pensar.

Portal Melodia – Como se conquista os jovens?

Pastor Gustavo – A conquista é de muita amizade, convívio, de algo mais aberto, sem tabus. Os assuntos devem ser tratados abertamente como no mundo secular, mas claro com direção do Espírito Santo. O importante é esclarecer o máximo e contextualizar. A grande dificuldade da igreja hoje em dia é contextualizar a bíblia para os dias de hoje. Sabendo fazer isto você, com certeza, irá conquistar os jovens.

Portal Melodia – Como se contextualiza a bíblia?

Pastor Gustavo – Mostrando que Jesus é um Deus sem tabus, sem paradigmas e sem tradições. È um Deus coerente, que ama e tem como prioridade o relacionamento, o amor e o convívio. A doutrina básica de Deus está no amor e na servidão. De um servir a outro, ser solidário. A solidariedade é uma grande forma de contextualizar. Servindo desta forma, a igreja será bem sucedida para atrair os jovens na igreja.

Portal Melodia – Como o jovem atual deve lidar com as coisas do mundo, como as drogas?

Pastor Gustavo – O jovem cristão tem uma grande curiosidade, principalmente os que cresceram na igreja. Essa curiosidade é alimentada pelo medo que alguns pastores impõem falando frases como: Se você for ou fizer, vai arder nas chamas do inferno. Alguns pastores preferem impor o medo a parar e sentar, conversar, do que passar todo um dia, uma semana, um ano com o jovem. Ao sentar o pastor pode conversar e explicar porque não, porque não vale a pena, que as drogas são na realidade uma fuga. Nossa fuga tem que ser para Jesus Cristo. Quando nós fugimos para qualquer outra coisa que não seja Jesus Cristo não é sadio, seja droga, seja namoro, seja praia, qualquer coisa…
Então o papo, o dialogo tem que acontecer, ele é fundamental no sentido de esclarecer e abrir a mente do jovem e de começar a tirar o mito e a curiosidade do jovem de querer ir para um mundo que ele pensa que vai suprir certas necessidades. O importante é saber que a necessidade é Jesus Cristo em todas as áreas da nossa vida.

Portal Melodia – Qual é o erro que alguns pastores cometem com os jovens?

Pastor Gustavo – O erro é impor. Eles querem por cabresto no jovem, talhar e tolher o jovem através da proibição. Muitas vezes, os próprios pastores tiveram no passado vontade de surfar, ir ao cinema ou teatro e foram tolhidos. Parece que é uma forma de se vingar, por terem sido tolhidos, pensam em tolher o jovem. Infelizmente existe este tipo de sentimento em alguns pastores frustrados porque perderam ou não aproveitaram sua juventude pelo medo. É um erro que vão passando de geração em geração: Meu filho não vai fazer porque não fiz, o jovem não vai fazer porque não fiz. Então eles erram muito nessa legalidade. Eu sou contra a legalidade. Somos livres, Deus nos chamou para sermos livres. Temos que ter coerência para saber nossas limitações, o que posso fazer ou não. Até indo posso ir. A coerência se adquire na Palavra de Deus e orando bastante, pedindo sempre a Deus muita sabedoria.

Portal Melodia – O melhor modo de o jovem ficar longe do caminho errado é orar?

Pastor Gustavo – É orando e pedindo a Deus o discernimento. Estudando muito, tendo muita intimidade com Deus, porque Ele vai falando o que é tradição, pecado, o que são costumes e doutrinas humanas, o que é teologicamente de Deus, o que é realmente fundamentação de Deus. Então o jovem vai criando o discernimento, mas que só vem com muito estudo, muita intimidade, vontade de acertar, fazer a diferença (principalmente no seu lar). Agindo desta forma, ele vai saber o que é certo ou errado. A bíblia é muita clara e não permite o extremismo. Deus sugere a moderação. Então temos que ser moderados em tudo (seja em qualquer área da nossa vida). A bíblia diz: "Não sejas demasiadamente justo, nem demasiadamente sábio; por que te destruirias a ti mesmo? Não sejas demasiadamente ímpio, nem sejas tolo; por que morrerias antes do teu tempo? (Eclesiastes 7:16,17). Ou seja, seja moderado, tranqüilo e seja livre em Deus sabendo e buscando a direção.

Crédito: Portal Melodia
Jornalista Tatiana Cioni Couto


Compartilhe a BênçãoShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

Contribua com sua opinião