A razão de ser da igreja


A igreja, na verdade, quem dirige a igreja, precisa urgentemente retornar ao ensino sobre a missão da mesma.
Os teólogos gostam de usar a expressão “razão de ser”. O que justifica a existência da igreja, qual a sua razão de existir? Parece-me que essa é a pergunta crucial que precisa ser repensada em cada comunidade. Observo que para a grande maioria de nossos líderes a igreja existe para ela mesma. Ela é o alvo de suas atividades, de sua missão. Como isso se dá na prática? Simples. Uma igreja que faz tudo para crescer numericamente, faz tudo para ter mais dinheiro, faz tudo para ter mais poder, faz tudo para ter um templo grande e suntuoso, faz tudo para proporcionar o prazer do membro, faz tudo para ter status denominacional.
Essa é uma igreja cujo alvo maior é a sua vida local. Perdeu a sua razão de ser, não justifica a sua existência. Seu líder é o grande responsável por esse desvio bíblico.
Tente responder em termos teológicos e missiológicos: qual a razão de ser da igreja?
No nível local: qual a razão de ser da igreja na minha cidade, no meu bairro, na minha rua?
Impressiona, verdadeiramente impressiona a profunda ignorância que grassa o nosso povo. A igreja somente sobrevive por causa do poder extraordinário da graça de Jesus para com ela. Todavia, meu amigo, minha amiga, não custaria muito a você gastar um tempo ensinando sua comunidade sobre a razão de existir da mesma.

Antonio C. Barro

Compartilhe a BênçãoShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page